Formação em tempos de Pandemia

Nos últimos seis meses a minha atividade profissional como formadora comportamental, teve uma grande transformação! Em primeiro lugar, porque estava privada  de dar formação às pessoas presencialmente, mas como eu, muitos outros estiveram com essa privação. Mas no início a minha principal preocupação quando tomei realmente contacto e consciência da realidade, surgiu-me a questão “E agora o que vou fazer?!”, durante dois ou três dias, não mais do que isso, estive e tomei a atitude de observadora da realidade circundante e logo depois, sentei-me na minha secretária, cheia de optimismo, de determinação e confiança de que algo iria acontecer de positivo que me levaria a uma solução. E assim foi, escrevi um email aos todos os meus parceiros e clientes, disponibilizando-me para encontrar em conjunto uma solução de negócio que restabelecesse a situação. Praticamente todos responderam positivamente e pensei, sozinha já não estou!

Descobri, que poderia continuar a minha atividade como formadora desenvolvendo com os meus parceiros conteúdos pedagógicos com temas relevantes para realizar formações ao vivo e online. Descobri então uma excelente oportunidade de poder continuar a dar formação com muitas adaptações, e ajustes para proporcionar aos formandos um conteúdo de aprendizagem de excelência! Não mais parei desde palestras, webinares, live training, etc etc. foram 6 meses sempre no on-line… Foi transformador porque ganhei e desenvolvi novas competências “no online” que vou com certeza  continuar apostar. Aprendi a comunicar e a transmitir informação e formação para plateias conhecidas e desconhecidas, a desenvolver conteúdos pedagógicos criativos e adaptados ao contexto do online. Apesar da minha facturação ter diminuído em mais de 65%, deve-se à falta de cultura que a maior parte das empresas tinham em aderir a esta forma de aprender, às crenças enraizadas que as empresas tinham de que o Online seria mais barato porque apresentaria menos qualidade, o que é de todo irreal.

Neste momento, acredito que as empresas já tenham ganho mais consciência de que podem continuar a apostar na formação e que até o podem fazer de forma mista, uma parte online e outra presencial. Não acredito no e-learning, porque decididamente esta modalidade americana não consegue produzir resultados em Portugal devido à nossa cultura emocional e presencial e falta de interesse e disciplina neste tipo de ensino e aprendizagem.

Acredito que até ao final deste ano, vamos continuar a manter as formações online e a que produz mais resultados e semelhantes ao presencial é em LIVE TRAINING, formador ao vivo e as grandes palestras e webinares.

Nada será como antes, depois desta pandemia! O negócio da formação, foi re-desenhado e passará pela intervenção mista online e presencial.

Sónia Karitsis

Formadora Comportamental

Vantagem+

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: