Liderança: Formar ou Transformar?

O tema liderança tem sido um dos temas mais falados e debatidos nos últimos tempos, mas na realidade ainda existem algumas dúvidas sobre o que é liderar nos tempos de hoje. Mudam os tempos, mudam também os paradigmas e o organizacional não é a excepção, bem pelo contrário. As empresas são de facto as suas pessoas. São o capital mais precioso de qualquer empresa.

Liderar no actual paradigma organizacional vai muito para além de influenciar e mobilizar pessoas em direcção a um, ou mais, objectivos comuns. O que faz toda a diferença é como o líder age e lidera todo este processo.

Na liderança transformacional o líder tem a preocupação de se manter mais próximo das suas equipas, criando um vínculo que lhes permita gerar uma relação mais profunda fazendo com que as duas partes, líder e liderados, tirem maior partido das situações vivenciadas e que essas experiências sirvam para evoluir conjuntamente. Esta atitude suscita nas equipas uma maior abertura, vontade e disposição para o seguirem. Ele torna-se numa fonte inspiracional de todos e para todos.

Este tipo de líder tem a capacidade de transformar as suas pessoas, modificando os seus comportamentos, formando melhores profissionais e tornando-os melhores seres humanos, por outro lado, transforma também o que se passa à sua volta, o meio ambiente onde está inserido assim como a realidade.

À velocidade com que hoje em dia é necessário implementar mudanças, as organizações têm que ter uma maior capacidade de resposta, reajustando-se a sua nova realidade, exigências e desafios. E o líder transformacional tem uma maior capacidade de adaptação nos momentos de crise. A sua habilidade em encontrar e desenvolver soluções inovadoras que façam face aos problemas aumenta a confiança, a motivação e, como consequência, o desempenho das suas equipas.

Principais competências dos líderes transformacionais:

Carisma – Para além de ser uma habilidade inata é também uma forma de conseguir encantar, persuadir, fascinar ou seduzir o outro, através da sua forma de ser e agir. Através do seu exemplo, comportamento e atitudes consegue que o sigam.

Visão – Ter e comunicar. Esta habilidade é o que permite ao líder transformacional antecipar-se aos problemas, encontrando formas inovadoras de os solucionar minimizando os danos. Assim, conquista o apoio da sua equipa e mantém todos focados e comprometidos com os resultados.

Inspiração – Mais do que falar é necessário agir, mas é fundamental que haja congruência com o que se apregoa e com o que se faz. Aqui o líder, de uma forma natural e genuína acaba por ser uma fonte de inspiração, através dos seus comportamentos e atitudes, tornando-se uma referência a seguir por todos.

Procura constante de Desafios – A transformação e evolução só se conquista quando nos aventuramos a sair da zona de conforto. A procura constante de novos desafios cria novas oportunidades de desenvolvimento para as pessoas e, por consequência, de crescimento da sua organização.

Agente facilitador da mudança – Para além de provocarem e facilitarem a mudança nos seus liderados através do desenvolvimento do seu potencial, dos seus comportamentos e atitudes, tem a capacidade abraçar e implementar a mudança necessária na sua organização dando sempre um contributo inovador e diferenciador.

Clara_Fernandes

Clara Fernandes

Formadora e Consultora Sénior

Life Coach Certificada pela ECA e ICI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: